home quem somos a fundbox

A FundBox

A FundBox SGFII SA é uma sociedade gestora de fundos de investimento Imobiliário de direito português, sujeita à supervisão do Banco de Portugal.

A FundBox SGFIM SA é uma sociedade gestora de fundos de investimento Mobiliário de direito português, sujeita à supervisão do Banco de Portugal.

De acordo com a Lei Portuguesa, as sociedades gestoras de fundos de investimento são sociedades financeiras especializadas, dotadas de capacidade de gestão, administração e representação de fundos de investimento de direito português.

Ambas estão sedeadas em Lisboa.

A FundBox está no Mercado para:

  • Oferecer serviços de gestão de activos livres de conflitos de interesses, agendas ocultas ou ofertas de cabazes de produtos, que tipicamente caracterizam a indústria. Na FundBox, what you see is what you get;
  • Estruturar soluções à medida, para satisfazer necessidades específicas dos clientes;
  • Assegurar capacidade de execução de mandatos pelo menos tão boa quanto a de qualquer outro concorrente.

Apresentação institucional

  • Legalidade
    Os fundos devem cumprir a legislação e regulamentação aplicável na jurisdição em que são constituídos.
  • Regulamento
    Os regulamentos de gestão dos Fundos devem acolher os princípios de governação instituídos.
  • Competência, Zelo, Diligência e Integridade
    Os administradores executivos devem gerir os fundos, os administradores não executivos devem proteger o interesse dos investidores e os investidores devem realizar os seus investimentos com a competência, zelo, diligência e integridade devidos, e devem assegurar a disponibilidade para tal de adequados meios humanos, financeiros e operacionais.
  • Responsabilidade
    Os administradores executivos e não executivos e os investidores devem ser responsáveis e responsabilizáveis pelas suas acções.
  • Transparência
    A informação adequada sobre os fundos deve ser comunicada a todas as partes relevantes de forma clara, razoável, completa, tempestiva e não enganadora.
  • Alinhamento de interesses
    Os fundos devem ser geridos de acordo com os interesses dos investidores. Quando surjam conflitos de interesses, estes devem ser geridos razoavelmente entre investidores e gestores, sendo o alinhamento de interesses entre estes redutor do risco de tais conflitos.
  • Confidencialidade
    Informação relativa aos fundos e aos investidores que não é do domínio público deve ser tratada confidencialmente.